shadow
  • A 5ª Conferência de Análise de Negócios do IIBA demonstra cases de empresas como BlueSoft, Grupo Fleury, Latin Sports, Porto Seguro e Prefeitura de Guarulhos
  • Empresas apostaram em análise de negócios, ganharam eficiência, aprimoraram processos e reduziram custos
  • Evento ocorre no dia 15 de maio no Auditório da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP)

 

Maio de 2015A 5ª Conferência de Análise de Negócios do IIBA (www.iiba.org.br), que ocorre no dia 15 de maio, apresenta aplicações e resultados da implantação da análise de negócios em algumas corporações. Cinco empresas foram convidadas e participarão do evento para apresentar palestras e cases de sucesso. Entre elas estão: BlueSoft, Grupo Fleury, Latin Sports, Porto Seguro e Prefeitura de Guarulhos.

Em um mercado com desaceleração econômica, como o atual, a análise de negócios é de fundamental importância e pode ajudar a organização a investir nas iniciativas mais adequadas para redução de custos, aumento de produtividade e melhoria da qualidade do resultado entregue ao cliente. Por este motivo o analista de negócios é um profissional que tem se tornado uma peça importante no mercado de trabalho. “Nosso objetivo é promover e discutir as práticas de Análise de Negócios nas empresas apresentando cases bem-sucedidos em diversas áreas”, afirmou o presidente do IIBA-SP, Fabrício Laguna.

Para Diego Ciarrocchi, gestor de projetos da Latin Sports, o principal desafio em sua empresa com a implantação da análise de negócios foi desmitificar algumas questões culturais, pois os colaboradores se mantinham muito focados em fazer e não em planejar. “Quebrar essa barreira do desconhecido e do preconceito foi o grande desafio na implementação de análise de negócios na Latin Sports”, conta Ciarrocchi. Para ele o principal resultado para a empresa foi a redução de custos. “De forma prática a redução de custos nos projetos e a diminuição no atraso das entregas foram fatores que fizeram a diferença e por fim, influenciaram na melhoria de outros procedimentos da companhia como melhor alocação da equipe e performance da empresa”.

E a análise de negócios pode ser realizada em várias situações. Depois de estudos, a Prefeitura de Guarulhos, por exemplo, resolveu mudar o aparelho de gestão de pontos dos funcionários. Anteriormente a estrutura em vários departamentos se dividia em dois tipos: o ponto manual e o eletrônico.  A analista de negócios, Andrezza Gonçalves da Silva, atuou no amadurecimento do processo de ampliação do ponto eletrônico para todas as secretarias, com avaliações e entendimento do que valia à pena para a prefeitura. “Hoje não temos mais problemas e o ponto eletrönico passou a ser reconhecidamente necessário não só como um sistema de controle, mas como um processo primordial, pois diminuiu para quase zero os erros na folha de pagamento”, conta a analista.

Outro case que será apresentado durante a conferência é o da Bluesoft. A empresa que desenvolve sistemas para redes varejistas, faz entregas quinzenais de novas funcionalidades e atualizações para os clientes. Desta forma, precisa de uma metodologia ágil desde o atendimento ao cliente até a documentação final de cada tarefa desenvolvida. Nesse caso a análise de negócios contribuiu para diminuir a quantidade de “bugs funcionais”, que são aqueles erros que ocorrem quando o sistema não atende cenários que não foram previstos. Para a analista de negócios Alline Tiberio de Oliveira, o principal desafio em sua empresa é priorizar as necessidades dos clientes, atender as demandas do mercado e também as inovações para estar sempre à frente da concorrência. “Acredito que uma boa entrega de software, inclui uma boa análise de todas as regras de negócio envolvidas, bem como os cenários de teste e uma fácil navegação pelo usuário. ”

 

Sobre o International Institute of Business Analysis (IIBA) – www.iiba.org.br

O International Institute of Business Analysis (IIBA) é uma associação sem fins lucrativos com a missão de desenvolver e manter padrões para a prática da análise de negócios e para a certificação de profissionais. Fundado no Canadá em 2003, o IIBA reúne mais de 26.000 membros, espalhados em 110 Capítulos. Para estabelecer e manter a qualidade da comunidade de profissionais que praticam a Análise de Negócios, o IIBA criou, ainda, as certificações CBAP (Certified Business Analysis Professional) e CCBA (Certification of Competency in Business Analysis). O IIBA Capítulo São Paulo é presidido por Fabrício Laguna.

ASSESSORIA DE IMPRENSA IIBA

Versátil Comunicação (www.versatilcomunicacao.com.br)

Luciana Antão | (11) 2832-5506 | luciana@versatilcomunicacao.com.br

Tayna Pantarotto | (11) 2832-5502 | tayna@versatilcomunicacao.com.br

Sandra Takata | (11) 2832-5507 | sandra@versatilcomunicacao.com.br

Publicidade

shadow


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.