shadow

Como controlar o FLUXO DE CAIXA? Simples? Gerencial? Análises? Gráficos? Será que consigo? Será que é bom? Será útil?

Óhhh dia….. óhhh azar…. óhhhh vida….. só contas e mais contas e….mais contas! Estou completamente perdido!!!

Isso tudo, dito por um cliente / parceiro, me fez rir muito e até me fez lembrar de um desenho que assistia quando criança (Lippy – o leão e Hardy – uma hiena). A hiena vivia a reclamar… óhhh dia… óhhh vida… óhhh azar…. isso não vai dar certo… e por ai vai…. só vai se lembrar disso quem tiver mais de 50 anos (ou quase isso)…. seria muito hilário se não fosse verdade, o que é muito triste.

Brincadeiras à parte, é essa a situação da maioria dos empresários brasileiros (estimo que uns 80%, no mínimo) não gostam de, sequer, olharem as suas contas, quem dirá controlar e gerenciar o fluxo financeiro da sua empresa, principalmente porque misturam suas contas (físicas com jurídicas, e vice-versa) e não controlam, nem mesmo, o seu pró-labore mensal, quem dirá o caixa da empresa. Na minha opinião este é um dos graves e principais motivos de falência da maioria das empresas nos primeiros 5 anos de vida, infelizmente, além de outros.

Mal sabem o quanto tem para receber ou para pagar todos os meses, salvo raras exceções, ou se o caixa tem superávit ou déficit financeiro, ou se a previsão para os próximos 6 ou 12 meses está feita (e se está correta, também), qual o produto que vende mais, qual a sua inadimplência e muitos outros fatores importantes, fundamentais e imprescindíveis para o bom gerenciamento financeiro e a administração de qualquer tipo de empresa, de qualquer tamanho ou ramo de atividade.

Vou tentar, aqui, na matéria e no vídeo, desmistificar um pouco de toda essa burocracia, transformando algo que parece muito difícil em algo de fácil utilização e, também, de controlar.

Em primeiro lugar não é necessário que o empresário dedique o seu tempo na inserção destes dados, que podem ser feitos por pessoas que entendam um pouco de planilhas, já será o suficiente. O empresário precisa, na verdade, apenas saber LER e ANALISAR o que acontece com a empresa dele e, à partir disto, tomar as decisões que julgar necessárias para que melhore sempre, um pouco a cada dia, tendo tudo em suas mãos, tendo a certeza de que o negócio vai bem e que poderá investir (por exemplo) ou programar uma viagem com a família ou guardar para comprar o seu imóvel e tudo aquilo que desejar, desde que devidamente planejado com este gerenciamento financeiro.

Existem diversos modelos no mercado, inclusive um gratuito (e bem simples) que posso te enviar (se me enviar um email solicitando:wilson.giglio@mentordenegocios.com.br) para que inicie o controle financeiro da sua empresa e tome gosto por isso. Existem, também, alguns softwares, alguns gratuitos e outros não, para que implante em sua empresa, mas muitos empresários que conheço, preferem uma planilha mais completa (muitas vezes com muito mais informações, dados, análises, gráficos e dashboards) do que apresentado por softwares existentes no mercado.

Afirmo, sem medo de errar, que um bom registro diário do gerenciamento financeiro não demora mais do que 2 (duas) horas, tanto para lançar o movimento bancário, como o do caixa (dinheiro), mais as notas fiscais de vendas do dia anterior e as de entradas (compras), além de outras obrigações legais. Portanto, por mais leiga que seja a pessoa que insira estes dados na planilha, tenha dificuldade, esse tempo não passará de duas horas, com certeza. Se a pessoa, na sua empresa, demora mais do que isso, e o movimento não passa de 50 ou 60 registros diários, veja o que está acontecendo, pois isso não é normal.

Vou apresentar para vocês, no vídeo abaixo, essas duas planilhas, a simples (gratuita) e uma outra que utilizo em minhas consultorias e nos cursos EAD que criei para meus alunos. Voce terá condições de analisar cada uma delas e pode, até, tentar fazer uma igual para a sua empresa, se quiser tentar.

Bom pessoal, espero que isso tenha contribuído de alguma forma para, pelo menos, alertar vocês da necessidade de ter este tipo de controle na empresa, não existe nada melhor, na minha opinião, do que ter a empresa totalmente controlada para que possamos realizar qualquer tipo de planejamento para o futuro, seja financeiro ou estratégico. Além do que, a utilização do fluxo de caixa gerencial, passa a ter um papel muito importante para gerar INDICADORES e MÉTRICAS, matéria que abordarei na próxima semana, fique atento.

Agora está em suas mãos! Decida o que vai fazer e tome o melhor caminho para você e sua empresa.

Lembre-se: O que não é medido não é gerenciado”, já diziam Robert Kaplan e David Norton, notáveis escritores e gurus financeiros.

Conte sempre comigo. Um grande e fraternal abraço a todos.

Publicidade

shadow


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.