shadow

Não importa se a sua empresa é MEI, ME, EPP, médio ou grande porte, todas estão sujeitas a terem prejuízos, por diversas razões e a principal é a falta de conhecimento do empresário, independente do tamanho da empresa ou ramo de atividade.

A falta de conhecimento administrativo e financeiro além de organizacional, que envolve a falta de controles de custos e despesas operacionais e que leva o empresário a não saber calcular o preço de venda dos seus produtos, mercadorias ou serviços, falta de controles de estoque, falta de gerenciamento financeiro (ou fluxo de caixa), não ter uma boa imagem ou credibilidade ou diferencial no mercado e, normalmente, gasta mais do que ganha, confundindo, até, o bolso da pessoa física com a jurídica são alguns dos fatores que levam a empresa a ter prejuízos.

Um dos principais é não saber calcular o custo e o preço de venda de seu produto, mercadoria ou serviço, sem dúvida alguma, fato que leva toda empresa a ter resultados negativos.

Isso é o que eu tenho encontrado na maioria das mais de 720 consultorias que fiz desde 1990, em diversos ramos de atividade e tamanhos.

Exemplo: um parceiro cliente vendia 100 produtos. Depois de elaborar todos os levantamentos e controles necessários, em 2 meses de muito trabalho, chegamos a seguinte conclusão: em 30 produtos encontramos um prejuízo que variava entre 5 a 20%; em outros 40 produtos tínhamos lucro / prejuízo ZERO, ou seja, servia apenas para “trocar figurinha”, empatando; nos outros 30 tinhamos um lucro que variava de 10 a 30%, proporcionando um resultado final mensal em torno de 12%. Após eliminarmos alguns produtos que tínhamos prejuízo e que não seria possível aumentar o suficiente para termos lucro, outros que estávamos empatando elevamos o valor para passarmos a ter lucro, e ajustando a tabela de preço de venda, a empresa, no mês seguinte, passou a ter um lucro mensal em torno de 28% e se manteve assim nos meses seguintes. Será que na sua empresa não está acontecendo a mesma coisa? Tem certeza absoluta que está tendo lucro?

O empresário, infelizmente, não tem controle financeiro nenhum e, por este motivo, não sabe calcular o preço de venda. A maioria compra determinada mercadoria e, simplesmente, coloca mais 100 ou 150% por cento em cima e vende, pensando que tem lucro certo, ledo engano. Se esquecem de elaborar o custo efetivo, rateio das despesas operacionais, salários mais encargos sociais, depreciação e, além disso, não estabelece metas de vendas para ter lucro.

Um dos outros grandes problemas é não controlar o seu pro-labore. Já conheci empresários que pagavam despesas de escola, plano de saúde, restaurante, babá e outras, e entendiam que isso não era pro-labore, seriam despesas da empresa que a mesma tinha que pagar para que o mesmo pudesse trabalhar. Estes precisam entender que o pro-labore é nada mais do que o salário que receberia se fosse colaborador em uma outra empresa e aprender a viver com o mesmo. O restante de rendimentos será a distribuição de lucros, desde que devidamente apurado através de um Balanço Patrimonial ou dentro da Legislação que rege a forma de tributação da empresa.

A falta de organização traz imensos prejuízos, de várias formas e uma das principais, é não distribuir corretamente as responsabilidades dos seus colaboradores, querer centralizar tudo, não ter tempo para realmente fazer o que precisa: administrar a empresa corretamente, além do que não faz o mapeamento dos processos com o objetivo de otimizar as tarefas e capacitar, adequadamente, seus colaboradores.

A maioria dos empresários não consegue, nem mesmo, saber se tem lucro ou prejuízo, e o quanto isso representa a cada mês sobre o faturamento. Quando se fala, então, em ponto de equilíbrio (quando o faturamento já cobre todas as despesas operacionais da empresa) a maioria não faz a mínima ideia do que seja isso ou de quanto é ou como calcular, infelizmente.

A falta de controle de estoque é um grande problema também, em alguns setores é fundamental o efetivo controle para que não haja compras em demasiado ou a falta de mercadorias ou produtos para entrega no prazo estipulado ao cliente. Muitas empresas acabam perdendo venda em razão do atraso de entrega em virtude de não ter o controle do estoque. Outro fator neste controle, para algumas empresas, é o prazo de validade e, em outras, é a forma de acondicionar o seu estoque de acordo com as regras da Vigilância Sanitária, fundamental para ter um maior controle de qualidade em seus produtos.

Algumas empresas não se preocupam com a imagem, dela mesmo, muitas vezes, com lojas ou estabelecimentos sujos, produtos ou mercadorias mal colocadas ou com uma vitrine que não atrai o cliente / consumidor. Em outros casos não estudam técnica de apresentação de seus produtos, mercadorias ou serviços e não se preocupam com isso. Outro fator importante é que vários empresários fazem os seus sites sozinhos, sem nenhuma noção se estão fazendo de forma profissional ou não; consequentemente não terão o resultado que desejam em seu marketing. Quem é que vai querer comprar alguma coisa de uma empresa que não transmite credibilidade e profissionalismo? É certo que vai atrair alguns clientes mas não todos que precisam comprar o produto / mercadoria / serviço que esta empresa está vendendo.

Um dos controles mais simples de se fazer, e a maioria dos empresários nem faz ideia, é a de montar o Balancete Patrimonial da empresa, mês a mês, desta forma o mesmo fica conhecendo o valor de prejuízo ou lucro mensal, de forma geral. Aproveitando este mesmo balancete o empresário pode elaborar a análise econômica e financeira para entender melhor a empresa e o que será necessário para tomar decisões favoráveis com relação a todos os aspectos financeiros.

Tem muita empresa que não vende mais porque não tem diferencial. Uma vez cheguei para o meu cliente, Sr. João, e perguntei qual era o diferencial da empresa dele. Respondendo ele disse: ahhh minhas mercadorias tem boa qualidade, o cliente tem um bom atendimento, parcelo em várias vezes no cartão e dou garantia do fornecedor em todos as mercadorias. Perguntei novamente, ok, essas são as obrigações da empresa e o diferencial? São estes 4 apenas, respondeu o Sr. João. Novamente expliquei que apenas isso eram obrigações da empresa, coisa que todo empresário tem que apresentar, no mínimo, estas condições de venda, afinal estes itens são primordiais para qualquer cliente / consumidor. Tive que explicar o que era diferencial pois o mesmo, apesar de muitos anos no comércio, não sabia o que fazer ou o que oferecer. E como o Sr. João existem milhares de negócios que vejo, em minhas andanças e viagens por todo este Brasil, não sabem como incluir um ou mais diferenciais em suas empresas.

E, por fim, tem muitos empresários que não sabem dividir o dinheiro da empresa com o seu. Pegam o dinheiro do caixa da empresa e pagam suas despesas particulares. Alguns tem outra fonte de renda pessoal e utilizam o dinheiro para pagar despesas da empresa, tudo sem controle algum.

Para quem quer, realmente, se tornar um empresário empreendedor, todos estes controles são absolutamente necessários e fundamentais para que a empresa possa ter sucesso lá na frente e, principalmente, o tão desejado lucro em seus negócios.

Quer saber mais a respeito? Quer ganhar o ebook Os principais erros dos Empresários? Quer saber se você tem o perfil de Empreendedor? Quer uma planilha para gerenciamento financeiro pessoal? Escreva parawilson.giglio@mentordenegocios.com.br que responderei te enviando este material para que você, lendo, estudando e analisando, possa melhorar seus conhecimentos e, consequentemente, passar a ter lucro na sua empresa, além de vários links úteis para o seu negócio.

Lembre-se: o que não é controlado não é gerenciado, o que não é gerenciado tem fortes chances de falir ou não dar certo! É isso que você deseja?

Faça algo por você, sua empresa, seus colaboradores e seu sonho, ele está ali, perto de você!

Se voce tiver dúvidas poste o seu comentário, terei prazer em ajudar de alguma forma.

Vamu Q vamu!!!

Publicidade

shadow


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.