shadow

No mundo corporativo, a sua imagem é tão importante quanto os resultados que alcança. Você pode gostar ou não, mas o fato é que sem um bom marketing pessoal é muito difícil se destacar no mercado de trabalho.

Muitas vezes, profissionais competentes têm suas carreiras prejudicadas pela sua falta de habilidade ou interesse em trabalhar o seu marketing pessoal.

Se você acha que poderia ter mais oportunidades no seu trabalho, talvez precise olhar com mais atenção para a forma que você se posiciona diante dos seus colegas e líderes.

O que é marketing pessoal?

São as ferramentas do marketing tradicional adaptadas à construção da sua imagem. Como no caso de uma marca, você também precisa de um plano de marketing pessoal que respeite os seus valores e diferenciais. Não tente vender aquilo que você não é.

5 coisas importantes para melhorar o seu marketing pessoal

Faça um planejamento

Quais são os seus objetivos no curto, médio e longo prazo? A pergunta parece fácil, mas às vezes estamos tão presos à rotina que esquecemos de levantar a cabeça e olhar para frente. Se você não consegue ter isso claro, faça um trabalho de autoanálise e tente visualizar o caminho que você quer trilhar.

Não esqueça de colocar no seu planejamento de marketing pessoal a boa e velha análise SWOT e descubra suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Isso dará a você um norte para definir as melhores estratégias para conseguir o que quer.

E finalmente: o que você quer que os outros percebam em você e como você vai trabalhar isso?

Trabalhe a sua comunicação

Já dizia Chacrinha, O Velho Guerreiro: quem não se comunica, se trumbica. Você é o seu principal produto e precisa ter uma comunicação coerente em todos os diferentes canais em que está presente.

Aqui, a ideia de comunicação vai muito além daquilo que é falado. A sua roupa, a postura, a organização da mesa, o que você posta nas redes sociais… tudo isso impacta na imagem que as pessoas constroem de você. Se você quer mudar isso com o marketing pessoal, precisa construir a sua imagem antes que elas o façam.

Desenvolva a sua liderança

O ponto aqui não é fazer você chegar no trabalho e sair distribuindo ordens para os colegas. Aliás, essa é uma visão totalmente equivocada de um líder.

Trabalhar as suas habilidades de liderança significa se posicionar como alguém que pode inspirar os outros, mediar conflitos e, principalmente, resolver problemas.

Seja uma pessoa interessante, mas nunca deixe de ser você.

O seu repertório de interesses e experiências de vida também são uma parte fundamental do seu marketing pessoal. Encontrar quem gosta das mesmas coisas que você pode ser um ponto de partida para o bom e velho networking.

Não confunda marketing pessoal com arrogância.

Não seja aquela pessoa que fala muito e entrega pouco. Ou seja: não caia na cilada do autoelogio. Transforme a sua nova postura em resultados concretos e deixe que eles falem por você.

Quem pode ajudar no desenvolvimento de um marketing pessoal?

Existem diversas pessoas que podem ajudar na construção de um marketing pessoal. Familiares e amigos de confiança podem ajudar no entendimento dos seus pontos fortes e fracos.

Um feedback do seu gestor pode tornar os seus objetivos na empresa mais claros.

Também existem diversos profissionais que podem ajudar você na elaboração de um marketing pessoal consistente, como palestrantes, coaches e consultorias de RH.

Publicidade

shadow


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.