O MAIS COMPLETO PORTAL DO BRASIL PARA EMPREENDEDORES

COMPANHIAS QUE MOTIVAM FUNCIONÁRIOS TÊM MELHOR RESULTADO FINANCEIRO

David Sirota, Consultor americano, em entrevista à Revista Época, nos mostra a importância da motivação empresarial e como isso pode influenciar nos resultados da empresa.

David Sirota começou a estudar o comportamento das pessoas nas empresas quando era estudante de psicologia social na Universidade de Michigan, em 1956. Fez um estudo amplo. O resultado da pesquisa mostrou que 14% das empresas têm seus funcionários altamente motivados. É uma parcela muito pequena. Isso acontece porque os chefes costumam achar que as pessoas trabalham o mínimo para ganhar o máximo. É essa premissa que motiva a administração de pessoas. Esse é um erro muito grande. Os gestores se perguntam como fazer para motivar um funcionário. Com base nas respostas de milhões de pessoas, a verdadeira pergunta é como não destruir a motivação das pessoas. A administração parte do princípio de que as pessoas não querem trabalhar. Elas chegam no trabalho e os chefes as pressionam tanto que acabam deprimindo ou destruindo sua motivação. É muito difícil alguém ficar empolgado com uma empresa que não é empolgada com seus colaboradores.

Veja abaixo a íntegra da entrevista com o americano David Sirota, concedida à Revista Época, em NOV/06.

Época – No seu livro, você diz que dar reconhecimento, tratamento justo e camaradagem aos funcionários é a fórmula para mantê-los motivados. Com as empresas podem fazer isso?
David Sirota – Vou começar por tratamento justo. São as condições básicas de trabalho: salários, benefícios, segurança no emprego. A definição do que é justo muda o tempo todo e pode variar de acordo com o país. Para saber se estão agindo de maneira justa, os chefes têm que perguntar. Fazer uma pesquisa formal com os funcionários. Reconhecimento: pessoas querem ter orgulho daquilo que fazem e da empresa onde trabalham. Mesmo que o trabalho seja repetitivo, elas querem ter a certeza de que estão trabalhando em um produto bom. Com relação a camaradagem, todo ser humano é um animal social. É muito importante ter boas relações no trabalho. As pessoas querem trabalhar coletivamente, em times.


Época  Como começou sua pesquisa?
David Sirota – Comecei a estudar o comportamento das pessoas nas empresas quando era estudante de psicologia social na Universidade de Michigan, em 1956. Fiz um estudo amplo. Não foquei em nenhum setor ou mercado específico. A pesquisa foi feita em empresas do setor financeiro, companhias aéreas, indústrias e varejo.


Época  E quais foram os resultados?
David Sirota – O resultado da nossa pesquisa mostrou que 14% das empresas têm seus funcionários altamente motivados. É uma parcela muito pequena. Isso acontece porque os chefes costumam achar que as pessoas trabalham o mínimo para ganhar o máximo. É essa premissa que motiva a administração de pessoas. Esse é um erro muito, muito, muito grande. Os gestores se perguntam como fazer para motivar um funcionário. O que eu digo, com base nas respostas de milhões de pessoas, é que a verdadeira pergunta é como não destruir a motivação das pessoas. A administração parte do princípio que as pessoas não querem trabalhar. Elas chegam no trabalho e os chefes as pressionam tanto que acabam deprimindo ou destruindo sua motivação. E de fato, as pessoas perdem a vontade de trabalhar. E ficam com raiva. É muito difícil você ficar empolgado com uma empresa que não é empolgada com você.


Época  Então os chefes são culpados?
David Sirota – Não. A administração como um todo é culpada. Não se deve olhar para o que um chefe, individualmente, faz. Mas para toda a cultura da organização. Os chefes agem de acordo com a cultura.


Época  Como os funcionários podem ter orgulho e se dedicar totalmente às empresas se elas cortam custos constantemente?
David Sirota – Você não pode garantir empregos para a vida toda. O que você tem que fazer é tentar ao máximo manter as pessoas empregadas. Evitar as demissões. A idéia é que se você quer que os funcionários tenham um comprometimento com você, você tem que ter um comprometimento com eles. Nas empresas em que os funcionários são altamente motivados, quando surge a necessidade de fazer um corte, eles recebem treinamentos para executar outras funções. A Southwest Airlines (uma das maiores companhias aéreas dos Estados Unidos) não demitiu ninguém na crise pós-11 de setembro. Isso pode soar estúpido ou paternalista. Mas hoje ela é a companhia aérea que mais cresce dos Estados Unidos.


Época  Quais métodos de gestão você considera ultrapassados?
David Sirota – Os métodos que as pessoas consideram ultrapassados são aqueles que funcionam melhor. As empresas que têm funcionários altamente motivados não entram em qualquer onda nova. As técnicas de gestão que trabalharam bem no século 20 também darão certo no século 21. O ponto central é tratar as pessoas como adultas honestas e não como desonestas ou crianças.


David Sirota, Consultor americano.
Fonte: Revista Época, Edição 442 – 06/11/2006. 

Eijy Goto