shadow

“O sucesso é saber conviver com momentos difíceis que a mídia define como crise”

Gilclér Regina

Faça perguntas! Elas despertam para aquilo que você não sabe. Perguntar é um convite à aventura, a uma viagem de descobrimento e nos desperta para todas as possibilidades.

 A maioria das descobertas e revelações que construíram o mundo e continuam a evoluir passam, todos os segundos da vida, por um processo onde fazer perguntas torna-se essencial.

Quando aparece um momento difícil, tem gente que prefere nem saber o que está acontecendo. São pessoas que evitam passar em frente a uma balança para não saber o seu peso e a se sentirem bem. Vão para frente do espelho, murcham a barriga e depois saem dizendo que está “tudo bem”.  Muitos acabam morrendo por “excesso de peso”.

Quando você faz perguntas, tira melhor suas conclusões. Em muitos casos irá perceber que a maioria das “ações da crise” está na cabeça das pessoas. E quem fica dando tiro no “dedão do pé” acaba acertando mesmo, é muito próximo, não tem como errar.

O universo conspira a favor ou contra. Henry Ford disse: “Se você pensa que pode ou pensa que não pode, das duas maneiras você estará correto”.

Sam Walton, fundador do Wal-Mart, a empresa de maior faturamento no mundo disse em plena crise americana: “Ouvi falar muito ultimamente sobre recessão, fiz uma reunião com minha diretoria e resolvemos não participar”.

Voltando ao tema, fazer perguntas nos remete a respostas. Inteligente não é quem responde, é quem pergunta, pois tem a oportunidade de um novo aprendizado.

E quando chegam momentos difíceis, está preparado. A vontade de se preparar deve ser maior que a vontade de vencer.

Quem conhece a fábula da Águia e da Galinha sabe que o mundo é dos motivados, mas a maioria quer sejamos desmotivados.

Todos nós fomos criados à imagem e semelhança de Deus, mas existem pessoas que querem nos fazer pensar como “galinhas”, sem capacidade alguma de voar. Mas nós somos “Águias”, você e eu, podemos abrir as asas e voar bem alto.

Não nos contentamos com os grãos que nos jogam para “ciscar”. Fazemos perguntas, buscamos conhecimento e descobrirmos o nosso maior potencial, a capacidade de voar bem alto e dar um chute na crise seguindo a vida fora da indústria de boatos.

Crises verdadeiras sempre irão existir. Não estou negando o fato de sua possibilidade. Mas com ou sem elas, pessoas fizeram sucesso, pessoas ganharam dinheiro, cresceram empresas, fizeram carreiras vitoriosas.

Faça perguntas e não deixe o boato te contaminar. E se alguma coisa for verdade, faça mais do que a sua parte, pois o mundo pertence aqueles que sempre caminham um quilômetro a mais.

Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!

Autor

Avatar
Eijy Goto

Publicidade

shadow

Artigos Relacionaods



Deixe uma resposta