shadow

Por Ligia Mello

01. Toda publicação, seja diária, semanal ou mensal, busca ter data e até horários bem definidos para chegarem nas bancas. Suas publicações eletrônicas também, tente manter um padrão de envio.

02. Use linha de assunto direta. Passe claramente a mensagem que deseja e escreva um bom texto no corpo do e-mail. Textos e “subjects” vagos são frequentemente usados por vírus e serão filtrados ou marcados como potencialmente perigosos.

03. Não use palavras como “clique aqui”, elas adquiriram devido ao número alto de spam um carater identificador nos filtros para que sua mensagem possa ser considerada mais um spam. Seja criativo use palavras menos habituais.

04. Quando tiver assinantes, coloque no rodapé alguma informação pessoal, não “chame” as pessoas por seu endereço eletrônico, demonstre que você sabe com quem esta se relacionando. E principalmente, se possuir o nome ou apelido do destinatário, use-o.

05. Facilite a remoção com um um link no final que recaia numa página que já sabe seu endereço de e-mail, não faça o internauta “se irritar” com sua empresa ou seu prodotuo.

06. Não envie mensagens gigantes. Se incluir mais de 100kbytes de gráficos ou animações, coloque-as em um web server.

07. Não acredite que uma lista com dez milhões de e-mails válidos, 80% são geradas através de prefixos unicos para todos os provedores conhecidos. Ex: aaa@uol, aaa@bol, aaa@terra, aaa@yahoo, um sistema gera estes endereços fantasmas que retornam em erros e atrapalham sua ação.

08. Siga todas as RFCs (Request For Comment).

09. Use endereços de De: e Para: reais. E antenha um endereço de resposta, é importante o cliente poder encontá-lo.

10. Use um endereço de De: consistente. Assim, as pessoas podem coloca-lo em “whitelist” (lista de permissão). Use um nome para o envio, assim sua empresa não será um @qualquercoisa.

11. Não reenvie uma mensagem rejeitada com código de erro permanente. Espere um tempo razoável para reenviar uma mensagem com erro temporário, e tente um número finito de vezes.

12. Não coloque endereços removidos de volta na listagem “apenas caso eles tenham sido removidos por engano”. Removido é removido.

13. Se a mensagem for HTML, inclua todos os cabeçalhos MIME correspondentes para tal identificação com HTML. Pode parecer óbvio, mas muitos mailers desde o NY Times a Air Canada enviam mensagens HTML sem o devido cabeçalho (fonte: spam.abuse.net)

14. Escreva também mensagens em texto puro. O formato “plain text” é muito usado ainda hoje, principalmente pelos usuários de internet mais antigos e pela grande maioria das pessoas na área de tecnologia e engenharia. Se o corpo do e-mail contiver apenas HTML, estas pessoas irão ver apenas os textos que forem aparentes, como sobras, sem diagramação e com links quebrados. Se a mensagem constituir apenas de imagens, ela aparecerá literalmente em branco.

15. JAMAIS use JavaScript ou qualquer outra linguagem que desafie a segurança ou faça malabarismos dentro do HTML em um e-mail.

16. Também NÃO use shockwave flash ou qualquer outro objeto interativo. Só 5% dos internautas vêem até o final, e programas como eudora, thunderbird não lêem.

17. Use HTML padrão. Não é porque você ou sua equipe habilitam itens específicos ou possuem plug-ins maravilhosos instalados que todo seu público alvo também o fará.

18. Não use IFrame ou outras tags de DHTML nas mensagens em HTML. IFrame é a armadilha favorita dos spywares, além de ser comum em vírus.

19. Se possível, assine virtualmente sua mensagem. Muitos cartões de negócios virtuais já se tornaram padrão.

20. Use sempre acentuação em código HTML nas mensagens deste formato. Por exemplo, “á” deve ser escrito “á” e “Ô deve ser “Ô, ou passe para um especialista fazer a transcrição.

21. Evite usar caracteres acentuados no assunto (subject) da mensagem.

22. Para novos inscritos, confirme positivamente que o endereço que você tem é de fato aquele que o usuário gostaria de inscrever.

Ligia Mello
Zapt Mídia
ligia@zaptmidia.com.br
www.zaptmidia.com.br

Publicidade

shadow


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.