shadow

Todas as quintas-feiras publicamos no portal GestãoAdvBr um artigo inédito sobre departamentos jurídicos e seus relacionamentos internos, com escritórios terceirizados e muito mais. Nos acompanhe!

Informação não é poder. O verdadeiro poder reside na habilidade de coletar, processar e dispor a informação de tal modo a transformá-la em CONHECIMENTO que poder ser utilizado para atingir metas”. Vicente Falconi

Fui agraciado com esta frase através de um email do amigo Juliano Sangalli. A frase do Vicente nos remete a três pontos fundamantais:

1. Dado;

2. Informação;

3. Conhecimento;

Primeiro, é importante definirmos cada um destes elementos:

Dados

Dados são inputs que devemos coletar no nosso dia a dia. Podem ser de vários níveis, baseados em indicadores, em situações que acontecem com similitude.

Informação

Ao pegarmos estes dados e transforma-los em algo útil, estamos disseminando informação. Quer dizer, eu busco o dado que quantas ações recebo por mês. Isto é um dado. Vira informação quando pego este dado e utilizo em algo mais útil, como preparar a empresa para estas ações recebidas. Agora, e o conhecimento?

Conhecimento

Irá verificar conhecimento quando preparar as ações recebidas com os indicadores levantados para saber como mudar as rotinas internas de trabalho visando não ter mais ações daquele tipo.

Ou seja, temos que disseminar o conhecimento internamente para que os dados e as informações possam ser realmente úteis.

Além disto, o conhecimento dentro da empresa vai além de apenas transformar indicadores em dados e depois informação útil. Precisamos espraiar a cultura da empresa nos poros de cada colaborador.

Cada um quando sabe de suas tarefas e percebe a visão de macro da empresa, começa a saber que a sua tarefa não é isolada, a sua tarefa faz parte de tudo mais que a empresa faz.

Enfim,

Informação é poder?

Somente se puder ser transformada em conhecimento. Senão, acaba sendo um dado melhorado.

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Sócio da Consultoria GestãoAdvBr
www.gestao.adv.br  |  [email protected]

 

Autor

Avatar
Eijy Goto

Publicidade

shadow

Artigos Relacionaods



Comments

  1. Avatar

    Aditya    

    / Bom artigo. O negf3cio e9 que as poasess veem essas siglas todas de certificae7f5es por aed e as encaram como verdades absolutas, o mundo real e9 bem diferente e cada situae7e3o e9 uma situae7e3o.Ontem mesmo estava conversando com um amigo sobre isso, ele trabalha numa multinacional e todos os processos se3o extremamente burocre1ticos, te3o burocre1ticos que funcione1rios que ne3o querem trabalhar usam isto em prol da preguie7a.Le1 uma simples pergunta sobre a arquitetura de um sistema pode levar duas semanas para ser respondida, envolve um sem nfamero de reunif5es, e durante este peredodo a equipe do projeto fica paralisada, praticamente fe9rias. O cronograma do projeto e9 ente3o mais uma vez adequado e o cliente de1 o aceite (se fosse um pequeno prestador de servie7o com certeza ne3o aconteceria).De1 ate9 calafrio saber que muitas empresas se3o assim.

Deixe uma resposta