shadow

Primeiro, vamos ao conceito de Meraki, uma palavra grega que significa fazer algo com alma, criatividade ou amor, colocar um pouco de si no que se faz.

Parece algo normal, todos amamos o que fazemos ou pelo menos deveríamos amar, contudo, é muito mais profundo do que isto.

Ao escolher o direito, uma das opções mais comuns que escuto é de pessoas que vem isto de berço, escolha dos pais (sugestão/obrigação), pela possibilidade de vários concursos públicos, advocacia, enfim, uma infinidade de possibilidades, contudo, ao esmiuçar mais a conversa, além do tradicional lutar pela justiça, as pessoas falam do resultado financeiro.

Até aí, nada de errado, afinal, todos queremos ter sucesso financeiro. Entretanto, o sucesso financeiro deve ser consequência e não causa das escolhas na vida.

E quando escolhemos fazer algo com amor e nos entregar, nos dedicarmos a algo, o sucesso vem. Pode demorar, ser difícil, complexo, com muitas quedas, mas acaba vindo.

Ninguém disse que viver é fácil e que tudo acontecerá como num conto de fadas. O direito, nas suas infindáveis possibilidades profissionais, trazem no seu bojo escolhas. E toda escolha significa uma renúncia.

Renúncia de tempo para outras coisas. Renúncia de vida sem nenhum tipo de regramento. Renúncia a bermuda e camiseta (e ter que usar terno), em síntese, renúncias.

Porém, também é uma escolha. Escolha de uma profissão honrada, honesta e importante para a sociedade (a despeito do que dizem a mídia e muitas pessoas que insistem que a advocacia/judiciário/afins são um mal social). Escolha de uma profissão que existe e regula a todos desde antes de nascer até depois que se morre. Escolha de ser útil não somente a si, mas a toda sociedade, mesmo não sendo ela agradecida disto.

Você fez uma escolha e uma renúncia. Agora está na hora de agir com toda dedicação nelas.

Não basta fazer o seu melhor.

Tem que estudar.

Tem que ter paciência com clientes chatos, insistentes, quase insalubres.

Tem que ter a verdade e o sonho estampados no peito para motivar a equipe.

Tem que ser um misto de advogado/administrador/técnico de TI.

Tem que além de tudo isto alhures, compreender a significância de palavras complexas, quiçá teratológica, porque não dizer, para evitar tautologia, ser excelso em cada singular ato para que reverbere a essência nuclear da sapiência adquirida após anos e mais anos enclausurado em poeiras cósmicas de livros da época de Roma.

Em suma, tem que ser um super-herói social para ter o significado MERAKI Jurídico na sua vida.

E o resultado disto?

Um profissional que se orgulha da profissão e age no melhor da sua consciência para que a verdade do seu coração também seja a verdade dos seus atos diários.

#SimplesAssim #Meraki #Jurídico

____________________________________________________
Sou Gustavo Rocha
CEO da Consultoria GustavoRocha.com – Gestão, Tecnologia e Marketing Estratégicos
(51) 98163.3333  |  gustavo@gustavorocha.com  | http://www.gustavorocha.com

 

Publicidade

shadow

Artigos Relacionaods



Deixe uma resposta