shadow

 

A contratação de um escritório de advocacia sempre ocorre para atender uma demanda importante do cliente que apresenta dúvidas e incertezas inerentes à abertura de um processo judicial.

Nesse cenário, a atenção e qualificação tanto do profissional quanto do escritório de advocacia são essenciais para transmitir mais confiança e credibilidade à atuação dele.

Considerando as dúvidas comuns e especificações dessa área, identificamos a seguir 6 dicas de como contratar um escritório de advocacia com mais segurança. Confira!

1. Especialização do profissional

O primeiro aspecto a ser analisado é a especialização do profissional escolhido. Não adianta ser uma pessoa competente se não possuir experiência e referências na área do Direito que você necessita, como advogado trabalhista, cível e outras.

Portanto, inicialmente é preciso identificar a especialização necessária do profissional para garantir que ele tenha mais conhecimentos específicos sobre a área do processo.

2. Estrutura do escritório de advocacia

A estrutura do escritório de advocacia é um aspecto relevante para que você seja assessorado por uma equipe de profissionais. Esse fator também facilita algumas etapas, como agendar horários, solicitar informações sobre o andamento do processo e outras.

Verifique previamente a equipe e a estrutura do escritório de advocacia, optando por aquele que transmite mais credibilidade e atenção às suas demandas.

3. Honorários e custos com o processo

O planejamento financeiro deve ser realizado previamente para que não haja surpresas no meio do percurso. O advogado deverá informar os honorários cobrados desde o início do processo.

Além disso, verifique com o profissional ou com o escritório de advocacia custos relacionados com o processo em si, como custas iniciais, despesas com o andamento do caso, eventuais perícias, diligências e deslocamentos.

O profissional poderá informar uma estimativa desses valores com base no Tribunal no qual o caso será proposto, garantindo ao cliente um melhor planejamento financeiro.

4. Tempo de resposta do profissional

Um dos aspectos influenciados pela estrutura do escritório de advocacia é o tempo de resposta do profissional. Caso ele atue sozinho e sem auxílio ele pode ter dificuldade em atendê-lo ou cumprir os prazos relacionados ao processo.

Caso desde o início o advogado te deixe “no escuro” é bom optar por um profissional que tenha maior disponibilidade de tempo para te atender e verificar suas demandas.

5. Tenha referências e recomendações

Buscar por recomendações é fundamental para que o advogado e escritório de advocacia contratados sejam de confiança e tenham mais chances de trazer uma vitória para o seu caso.

Essas referências podem ser pesquisadas digitalmente, como no site do próprio escritório, páginas de direito e também comentários online de antigos clientes.

Outra opção é verificar as recomendações com pessoas que você conhece que já tenham usado os serviços do mesmo escritório de advocacia.

6. Preze por uma conversa franca

É fundamental que o advogado te passe segurança para uma conversa franca. Lembre-se que todos os detalhes são importantes e devem ser compartilhados com o profissional, sendo as informações protegidas pelo sigilo profissional.

Além disso, é importante que o advogado esclareça suas dúvidas em relação ao processo, custos, implicações e às chances de vitória no caso.

A escolha de um escritório de advocacia e de um advogado de confiança é essencial para o andamento correto do seu processo, portanto, pesquise previamente e junte as informações mais relevantes antes de definir suas opções.

Publicidade

shadow


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.