shadow

por Andréia Guedes – 

Depois de ter vivido pessoalmente a experiência de como não estar bem consigo pude refletir no resultado profissional, passei a ser mais atenciosa com esta questão e por ter sido tão difícil para eu perceber isso, que resolvi escrever este texto, para poder ajudar aos outros a verem o que eu não conseguia ver.

Passamos anos de nossas vidas buscando tudo o possível para nos tornarmos os melhores no que fazemos, e muitas vezes atingimos nosso objetivo, nos tornamos excelentes profissionais, mas para ser bom, também é necessário que estejamos bem.

Temos mania de achar que podemos dar conta de tudo, que nada pode nos atingir, que independente do problema que temos “lá fora” dentro da empresa este não chega. Ninguém vai perceber, mesmo porque, fazemos do trabalho a fuga…

Deixamos de trabalhar com amor, atenção, perspicácia e eficiência, sem sentir claro, porque começamos a “engolir” trabalho, ou seja, nos enfiamos no escritório, nos atolamos de trabalho, começamos trezentas coisas ao mesmo tempo para poder manter a mente ocupada com o que nos dá prazer e não pensar no que nos aborrece, mas infelizmente quando estamos tristes, frustrados, irritados, com grandes problemas, não conseguimos manter a mesma concentração, empenho e foco no que fazemos, o que resulta, na maioria das vezes, em erros, impaciência, intolerância, perda de detalhes, esquecimento, enfim, maus resultados.

Queremos que só o profissional viva, mas apesar de muitas vezes não lembrarmos, somos feitos de duas partes, a profissional e a pessoal, não podemos viver com elas separadamente, é o mesmo de viver o corpo sem alma ou vice-versa.

Por mais que saibamos separar a vida pessoal da vida profissional, infelizmente quando não estamos bem tudo parece não funcionar. Os resultados não são como gostaríamos, cometemos erros mesmo em atividades rotineiras.

Quando estamos bem, tudo parece fluir de forma satisfatória, atingimos bons resultados, trabalhamos com assertividade, atenção, foco, empenho, ou seja, trabalhamos bem.

Diante de metas, planos e estratégias precisamos estar bem para que assim possamos nos dedicarmos por inteiro à busca destes objetivos.

O estar bem ajuda a enxergarmos de forma clara o que queremos e como iremos atingir. Faz com que as idéias surjam, com que a determinação e a perseverança estejam a todo vapor para alcançarmos as nossas metas.

Nós profissionais, apesar de muitas vezes esquecermos, somos humanos e não máquinas. Precisamos parar de ignorar nossos problemas e tentar fazer de conta que não existem e escondermo-nos atrás da mesa de trabalho.

Temos que buscar uma solução rápida, prática e satisfatória para que estejamos de mente tranqüila para o trabalho e com total dedicação possamos mostrar realmente como somos bons.

Andréia Guedes
andreia@secth.com.br
Consultora de RH da SEC Talentos Humanos (www.secth.com.br)
Colunista Portal Universo da Mulher (www.universodamulher.com.br)

Publicidade

shadow


Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.