shadow

A evolução dos Recursos Humanos nos últimos 60 anos: empregados, funcionários, colaboradores, colaboradores parceiros!

As exigências pessoais e características do profissional também tem acompanhado essa evolução, atualmente não basta apenas ser: comprometido, pró-ativo, responsável, “pau prá toda obra”, e outras. Tem que ser, principalmente, empreendedor ou ter as características do mesmo para se destacar no mercado, veja o teste no final deste artigo.

Muito antigamente éramos empregados, obedecíamos o chefe ou o patrão em tudo. Logo depois passamos a ser funcionários, com funções mais definidas, e passamos a obedecer o superior ou dono da empresa. Nas últimas décadas passamos a sercolaboradores, trabalhando em conjunto com o gerente ou o empresário /empreendedor, onde nossa opinião / sugestões passaram a fazer alguma diferença e o relacionamento ficou mais estreito na maioria das empresas.

Esse mesmo contexto tem sido aplicado em várias empresas cujos empresários / empreendedores possuem uma visão mas futurista com relação ao crescimento da empresa: o reconhecimento da capacidade dos seus recursos humanos, através de avaliações mensais e participações em sugestões que gerem bons resultados, tem sido o top nas relações entre os mesmos, gerando mais lucratividade para a empresa e participação nos resultados para os colaboradores parceiros, afinal o objetivo deve ser o mesmo para todos: o cumprimento de metas aliadas ao sucesso do empreendimento = participação, proporcional, no lucro líquido para todos!

Na maioria dos casos o colaborador parceiro tem espírito empreendedor, ou seja, ainda que atue como um colaborador o mesmo tem as características mais arrojadas de alguém que deseja empreender e é desta forma que acaba se sobressaindo e se destacando dos demais e, por isso mesmo, é o que a grande maioria das empresas procuram hoje: colaboradores parceiros. Quem leu o meu artigo “Eu é que mereço essa promoção” sabe do que estou falando, não basta mais ser somente pró-ativo, arrojado, competente e de boa vontade, tem que ser empreendedor ou ter o perfil do mesmo.

Essa nova tendência no mercado de trabalho representa uma evolução natural do relacionamento entre o empreendedor e os seus recursos humanos, a preocupação na capacitação e desenvolvimento pessoal e profissional do mesmo tem sido vista com mais coerência e responsabilidade, até para que seja possível reter os talentos que surgem e menos rotatividade de mão de obra qualificada, o que acaba gerando menos custos e despesas e, quem não pensar desta forma, tem a tendência de se perder neste mercado cada dia mais competitivo.

As empresas tem se preparado melhor para acolher esses parceiros, se organizando, implantando o Programa 5S e o mapeamento de processos, padronizando tarefas e estimulando a competitividade sadia entre os membros da equipe além, é lógico, de um “apetitoso” plano de carreira, cargos e salários que incentivam todos a melhorar a cada dia, além de investir em vários benefícios para os mesmos.

Por isso mesmo é que, atualmente, a preocupação na hora da admissão, tem como alvo principal encontrar características empreendedoras nos candidatos a alguma vaga, além do perfil já detalhado desta função que o colaborador parceiro vai exercer, o que, também, é fundamental: perfil da vaga e a descrição das responsabilidades principais e correlatas devem fazer parte integrante do processo de admissão e da Gestão dos Recursos Humanos.

Pensando nisso é que disponibilizo um teste completo, que aplico em todas as minhas consultorias, para saber se voce tem o perfil de empreendedor ou não, seja voce o empresário / empreendedor ou simplesmente o colaborador parceiro. Neste teste, com resultados automáticos, voce saberá avaliar 16 características básicas necessárias do perfil empreendedor:

  1. Ter iniciativa
  2. Busca oportunidades
  3. É persistente
  4. Busca informações
  5. Exige qualidade
  6. Cumpre Contratos de Trabalho
  7. É orientado para eficiência
  8. É orientado para objetivos
  9. Faz planejamento sistemático
  10. Resolução de Problemas
  11. Assertividade
  12. Autoconfiança
  13. Correr riscos moderados
  14. Uso da Estratégia de Influência
  15. Monitoramento e Liderança
  16. Preocupação com Gestões Financeiras

Com o resultado em mãos, analise os mesmos e conheça os seus pontos fortes e fracos. Com isso voce tem a possibilidade de corrigir tudo o que precisa e otimizar seus pontos fortes para ser, cada vez mais, um empreendedor, seja para atuar como colaborador parceiro ou, até mesmo, para ter o seu próprio negócio.

Para receber esta ferramenta envie email (EXCETO DO YAHOO) para wilson.giglio@mentordenegocios.com.br que responderei enviando a mesma com o anexo, sem senha, sem vírus, de pronta utilização. Não esqueça de verificar a sua caixa de spam ou lixeira pois, provavelmente, em razão do anexo, o seu browser moverá para lá o nosso email. Adicione o meu contato em seu browser, fica mais fácil. Se voce tem interesse, também, na ferramenta de PLANEJAMENTO FINANCEIRO PESSOAL DE 2015 mencione isso no mesmo email que te enviarei as duas.

Espero que voce tenha espírito empreendedor e que saiba utilizar isso à seu favor no decorrer dos anos, desejo a voce um hiper mega super FELIZ 2015 com muita saúde, sucesso e prosperidade!

É hora de evoluir, é hora de ser EMPREENDEDOR, é hora de se destacar!

Vamu Q vamu

Autor

Avatar
Eijy Goto

Publicidade

shadow

Artigos Relacionaods



Deixe uma resposta